consultoria empresarial Tag

Em princípio, todas as empresas precisam de algum tipo de auxílio externo, por isso existe a consultoria em gestão empresarial.

Isto é, além de contar com outro ponto de vista uma parceria pode contribuir muito com sua busca por resultados.

Continue lendo e entenda:

  • O que é Consultoria em Gestão Empresarial?
  • O que faz a Consultoria em Gestão Empresarial?

Lembrando que contar com o apoio de uma empresa experiente em Gestão Empresarial, pode ajudar na construção de uma estratégia vencedora e lucrativa.

 

O que é Consultoria em Gestão Empresarial?

Em síntese, há dois meios pelos quais um gestor consegue melhorar os resultados da organização.

O primeiro deles é investir na capacitação e melhoria do time interno para o alcance das metas estabelecidas.

Já o segundo caminho é procurar ajuda externa de profissionais qualificados e experientes.

Com mais de 15 anos de experiência em gestão acredito que o segundo meio é o mais vantajoso, pois os colaboradores imersos em sua rotina não conseguem visualizar os riscos e desafios que envolvem o sucesso do seu negócio.

Além disso a consultoria é formada por profissionais altamente experientes na solução adequada para a melhoria dos resultados da sua empresa.

Assim, os resultados gerados tendem a serem maiores do que os habituais.

 

O que faz a Consultoria em Gestão Empresarial?

Em suma, existem quatro passos que são trabalhados por uma consultoria em gestão empresarial.

O primeiro passo consiste em entender o negócio. Os consultores identificam por meio de um Diagnóstico Administrativo, Operacional, Econômico e Financeiro as oportunidades.

Após identificados os problemas prioritários eles analisam suas causas fundamentais e traçam ações ver e agir.

Após as análises é hora de planejar junto com o cliente o caminho a seguir, definir as metas de resultados e as ações adequadas a serem executadas.

Por fim, os consultores capacitam a equipe do cliente na solução de problemas e executam de forma conjunta o plano estabelecido para atingir os resultados.

Assim sendo, após a realização de uma parceria entre gestor e consultores é possível notar alguns de seus benefícios:

  • Mudança para uma cultura focada em resultados;
  • Maior foco na execução da estratégia;
  • Melhoria dos resultados da empresa;
  • Ganho de eficiência operacional;
  • Otimização no uso de recursos;
  • Aumento da produtividade na empresa;
  • Redução de retrabalhos;
  • Melhor visão do negócio, possibilitando novas oportunidades de crescimento.

Para Concluir!

Por fim, como é possível notar na leitura do artigo a consultoria empresarial contribui para o alcance de melhores resultados.

Assim muitos gestores buscam esse tipo de suporte estratégico para aumentar a lucratividade da empresa.

Por meio de soluções customizadas para sua empresa, a Algaris possui compromisso com o alcance de metas. Não entregamos somente um relatório, trabalhamos em conjunto com o cliente na execução das ações para o alcance dos resultados.

Uma das principais funções de um empreendedor de sucesso é definir metas inteligentes, e por esse motivo vamos explicar um pouco sobre meta smart.

A meta é um parâmetro usado para direcionar as ações da empresa, uma vez que define um foco de atuação e diminui a confusão do que deve ou não ser feito.

Continue lendo e entenda:

  • O que é meta smart;
  • Como definir uma meta smart;
  • Exemplo de meta smart;

Lembrando que há diversas formas de definir uma meta, contudo, até o momento, a meta smart é a forma mais inteligente.

O que é meta smart?

A meta smart nada mais é que uma forma de definir uma meta, seja para uma empresa, seja para uma pessoa.

S.M.A.R.T. é um acrônimo em inglês para:

  • S – Especifica;
  • M – Mensurável;
  • A – Atingível;
  • R – Relevante;
  • T – Temporal;

Como é possível perceber, a meta smart tem diversos pontos que devem ser levados em consideração a fim de que seja definida a meta.

Logo que é possível ter maior possibilidade de ser bem sucedido, fugindo de metas amplas, sem métricas e pouco importantes.

Como definir uma meta smart?

Ao definir um objetivo para alcançar é necessário ter alguns indicadores para saber se temos chances de sucesso.

De tal forma que primeiramente é importante focar em ser especifico e definir com clareza qual o objetivo você deseja alcançar.

Em seguida, é necessário estabelecer algum parâmetro para mensurar os resultados.

É importante também procurar entender se a meta desejada é atingível dentro de um histórico de metas e resultados anteriores.

Ao passo que você avançar etapas, você precisará se perguntar a relevância da meta, para saber se realmente é importante para a empresa.

Para finalizar, é definido um tempo para atingir a meta, para que você saiba quando os resultados devem ser obtidos.

Exemplo de META SMART!

Você pode utilizar papel e caneta para fazer as primeiras anotações, e depois passar para uma planilha no computador, ou pode fazer diretamente.

O importante é entender bem como definir a meta e criar uma para cada setor da empresa.

Exemplo:

  • Especifica: Aumentar 10% das vendas;
  • Mensurável: +300/dia vendas;
  • Atingível: média de vendas atuais 100/dia;
  • Relevante: Vender mais aumenta o lucro/margem de investimentos;
  • Temporal: 6 meses;

Neste exemplo você pode notar que há alguns pontos interessantes, mas bem claro do que o setor de vendas deve alcançar.

Aumentar as vendas, tendo um indicador mensurável, dentro de um histórico, com relevância bem definida, e com um prazo para ser alcançada.

 

Ter um plano de ação bem definido te ajudará a alcançar as ações e as metas. Saiba mais sobre o PLANO DE AÇÃO clicando AQUI!

Para Finalizar…

A META SMART é um modelo para gestores e empreendedores a fim de que definam metas de forma inteligente.

Assim, leva em conta todos os aspectos necessários e cria um ambiente mais produtivo porque foca no que é importante.

Se você gostou deste conteúdo compartilhe com seus amigos nas redes sociais e também no Whatsapp;

Caso tenha alguma dúvida sobre o tema deixe nos comentários, pois, estamos à disposição para responder e ajudar.

Neste artigo vamos explicar melhor o que é gestão de risco e também como aplicar no seu negócio.

Essa é uma forma essencial para você conseguir evitar problemas na sua empresa!

De tal forma que, além de prevenir os riscos, através dessa gestão é possível identificar novas oportunidades para sua empresa lucrar.

No artigo Como Aumentar o Lucro da Empresa em Tempo Recorde também demos algumas dicas para melhor a lucratividade do seu négocio!

Contudo, para começar, é importante entender o que é gestão de risco.

O que é gestão de risco?

A gestão de risco nada mais é do que a capacidade de identificar e prevenir possíveis riscos para o funcionamento da empresa.

Também é possível mitigar o efeito negativo de algumas ações.

Pois é! Através da gestão de risco que o empresário decide tomar as decisões para atingir seus objetivos e calcular possíveis erros que possam acontecer.

Além do funcionamento da empresa, a gestão de risco também analisa as forças ambientais que afetam à empresa.

Assim, evita possíveis problemas que poderiam acontecer tanto no ambiente interno, quanto no ambiente externo da organização.

Bem como a imagem pública da empresa, em casos onde algum problema pode deixar a empresa com uma má reputação no mercado.

Independentemente do tamanho da empresa, a gestão de risco é importante para verificar os métodos e processos.

Por consequência reduzir possíveis falhas para diminuir os riscos.

Agora que você já sabe o que é gestão de risco, é bom entender como aplicar na sua empresa.

 

Como aplicar a gestão de risco?

Para você realizar a aplicação desse método na sua empresa você vai precisar executar alguns processos, que são:

Identificação:

Primeiro você deverá identificar quais os pontos que podem trazer risco para empresa e, assim, entender qual o seu contexto atual como negócio.

Análise Qualitativa:

Nesta etapa você deverá elencar os riscos com o grau de importância e também a possibilidade de acontecer concretamente.

Análise Quantitativa:

Neste ponto você deverá calcular de forma numérica as consequências dos riscos identificados.

Planejamento de Respostas:

Uma vez que você sabe o que pode acontecer, o grau de certeza, e o impacto nos resultados, você vai planejar respostas para os riscos.

Monitoramento:

Para finalizar, você deverá acompanhar o funcionamento da empresa e os riscos identificados. Assim, você pode reavaliar as respostas planejadas.

 

Você pode aprender mais lendo o artigo sobre A Importância da Execução Associada a Análise de Informações clicando nesse AQUI!

 

Agora que você já sabe o que é gestão de risco e como aplicar na sua empresa, mãos a obra!

Se você gostou deste conteúdo compartilhe com os amigos nas redes sociais e também no Whatsapp.

Caso tenha ficado com alguma dúvida deixe um comentário, pois, estamos à disposição para ajudar.

Vamos compartilhar com você 5 bons motivos para ter uma consultoria empresarial em 2019.

Você vai aprender porque ela vai fazer toda diferença na sua empresa.

Muitas pessoas acreditam que apenas o trabalho duro pode gerar resultados, mas sem inteligência e boas decisões nenhum negócio sobrevive.

Vamos falar dos seguintes motivos:

  • Realizar a gestão financeira;
  • Criar Demonstrativos de Resultado do Exercício;
  • Criar Procedimento Operacional Padrão;
  • Realizar Planejamento de Ações;
  • Conseguir Amadurecimento da Administração.

Quando uma pessoa decide abrir uma pequena empresa e faz tudo, da compra de mercadoria até a venda, é normal saber de tudo o que acontece.

Contudo, para a empresa crescer é necessário ter uma equipe para ajudar na gestão de diversos aspectos, começando pela parte financeira.

Realizar a gestão financeira

Para uma empresa ter bons resultados, ela precisa ter registro de todas as informações importantes, assim como uma boa gestão.

Uma consultoria empresarial vai ajudar neste sentido, sabendo o que é importante registrar e como você vai gerenciar todas estas informações.

Ao passo que indica quais os melhores caminhos para você alcançar seus objetivos de curto, médio e longo prazo.

Como já explicamos anteriormente em:  O sucesso da sua empresa depende da gestão financeira.

Criar Demonstrativos de Resultado do Exercício

Para que você tenha uma boa gestão financeira é fundamental você ter duas ferramentas de controle.

A primeira é o Fluxo de Caixa, que vai projetar todas as entradas (receitas) e saídas (despesas) e ajudar a empresa a se planejar financeiramente.

O outro documento importante para uma boa gestão financeira é o Demonstrativo de Resultado do Exercício, ou simplesmente DRE.

A partir deste documento você terá conhecimento da saúde financeira da sua empresa e fará um planejamento com mais clareza.

Como já explicamos anteriormente em: DRE: O que é, como funciona e como fazer!

Criar os Procedimentos Operacionais Padrão

Além de cuidar das finanças para sua empresa ter resultados é necessário cuidar do funcionamento operacional.

Por isso é importante criar e atualizar os procedimentos operacionais padrão.

Eles vão orientar e esclarecer cada colaborador sobre como deve realizar cada procedimento, quais equipamentos utilizar e quando realizar.

Assim, cada funcionário saberá o que fazer, como fazer e quando fazer cada ação da maneira correta , evitando erros e desperdícios, bem como uso incorreto de equipamentos da empresa.

Como já explicamos anteriormente em:  O que é procedimento operacional padrão?

Realizar Planejamento de Ações

Sabendo como está a saúde financeira da empresa e criando rotinas bem estruturadas, para o próximo passo é necessário ter um planejamento de quais ações a empresa vai realizar.

Se o seu objetivo é ter sucesso nos negócios, é essencial que planeje as ações futuras para criar previsibilidade de resultados.

Correr riscos e investir sem garantias é sempre arriscado, portanto, é importante ter uma consultoria empresarial para acompanhar nesta etapa.

Visto que contribuirá para a criação de um plano de ações prático focado em gerar resultados no curto, médio e longo prazo.

Conseguir Amadurecimento da Administração

As empresas que receberam nossa consultoria tiveram grandes resultados financeiros, ou seja, aumentaram sua lucratividade.

Receber uma segunda visão do seu negócio, partindo de um especialista, ajuda a amadurecer suas escolhas próprias.

É possível aprender muito e investir naquilo que funciona, conhecendo melhor sua empresa e outras formas de gerenciar.

Nós acreditamos que estes são 5 bons motivos para ter uma consultoria empresarial em 2019

Se você gostou do conteúdo compartilhe com seus amigos nas redes sociais e também no Whatsapp.

Caso tenha alguma dúvida ou queria uma consultoria empresarial e financeira entre em contato conosco, estamos à disposição para ajudar.