Gestão de Estoque: o que é e como ser eficiente!

gestão-de-estoque

Gestão de Estoque: o que é e como ser eficiente!

Além de realizar vendas e gerenciar a parte financeira da empresa, é igualmente importante fazer a gestão de estoque.

É muito mais do que ter um controle do que a empresa tem ou não armazenado.

A gestão de estoque pode contribuir para economia da empresa e sua saúde financeira.

Ao passo que qualquer desperdício por falta de controle e gestão pode ser um grande prejuízo para o negócio.

Por este motivo, é importante entender o que é a gestão de estoque e como aplicar de forma eficiente na sua empresa.

O que é Gestão de Estoque?

É popularmente conhecida como controle de inventário ou almoxarifado.

A gestão de estoque é a regulagem dos insumos que serão utilizados pela empresa na sua produção.

Além de manter um controle informatizado, a gestão zela para que exista uma eficiência na compra, armazenamento e uso dos insumos.

Este controle é fundamental para melhorar o desempenho financeiro da empresa, evitando desperdício e compras desnecessárias.

É importante lembrar que a experiência do usuário final com a empresa não pode ser prejudicada, evitando assim a compra de materiais sem qualidade ou armazenamento incorreto que possam comprometer a usabilidade.

Também é necessário ter estas informações disponíveis sempre que necessário para a contabilidade da empresa ou algum quesito legal.

Como realizar uma gestão de estoque eficiente?

Pode parecer simples o processo de controle do que entra e sai do inventário, mas há muitos fatores que podem comprometer a eficiência do seu estoque.

Por esta razão, é necessário seguir alguns passos importante para ser realmente eficiente.

Comece realizando o acompanhamento de toda a cadeia de suprimentos da sua empresa.

Você pode fazer isso por um software ou por aplicativos no próprio smartphone.

Nos dias atuais, é possível saber onde determinado pacote está e você poderá antever possíveis problemas na entrega e resolver rapidamente.

Em seguida, procure identificar pontos de ineficiência dentro do armazém da empresa que podem comprometer sua produtividade.

Eliminando qualquer tipo de problema que possa diminuir a vida útil dos suprimentos ou comprometer sua integridade, como por exemplo:

  • Data de validade, ambiente com temperatura incorreta ou com infiltrações.

Invista também na criação de um processo de compra que leve em consideração as necessidades da empresa e sua demanda.

Caso tenha um modelo de negócio sazonal, planeje a compra maior ou menor de acordo com a sazonalidade para evitar perca de insumos por compra excessiva.

Se tiver dúvida sobre como implementar este tipo de ação, leia nosso artigo sobre Procedimento Operacional Padrão.

Em resumo, acompanhe as compras de insumos, elimine possíveis pontos de ineficiência, planeje de acordo com a demanda da empresa.

Além disso é importante ter um processo claro para compra, armazenamento e uso dos suprimentos.

 

 

Se você gostou deste conteúdo compartilhe com seus amigos nas redes sociais e também no Whatsapp.

Caso tenha alguma dúvida a respeito deste tema deixe nos comentários, estamos à disposição para responder e ajudar.