setembro 2019

Neste artigo falaremos sobre um dos mais conhecidos métodos de gestão utilizados por diversas empresas, o Kanban, considerado uma metodologia ágil.

Se você precisa de maior agilidade no gerenciamento dos seus projetos essa pode ser a melhor maneira de fazer isto.

Portanto, continue lendo e entenda:

  • O que é Kanban?
  • Como aplicar o Kanban na sua gestão?

 

Lembrando que é sempre importante contar com a ajuda de uma empresa experiente em gestão empresarial  para aplicar o melhor método de gerenciamento para sua operação.

 

O que é Kanban?

O termo Kanban pode ser traduzido como “tabuleiro” em japonês, e é uma alusão ao quadro onde se afixa os cartões com anotações, isto é, os famosos post-its, os quais são muito comuns nas empresas.

A metodologia foi desenvolvida no Japão pela empresa Toyota, nos anos 60, com o objetivo de contribuir na gestão dos projetos.

Esse quadro auxilia na visualização de uma série de fatores, acelerando a gestão dos processos necessários para obtenção de resultados.

Por isso tornou-se popular em diversas empresas e tem sido utilizado como a principal metodologia de gestão de projetos.

O modelo Kanban é composto por três partes, o quadro já mencionado, os cartões, e as colunas. Veja no exemplo abaixo:

Kanban

 

A partir deste exemplo podemos ver um controle de tarefas, mas existem outras formas que o Kanban pode ser utilizado.

Agora que já entendemos a origem e a essência do Kanban, nós precisamos entender como aplicar na empresa.

 

Como aplicar o Kanban na sua gestão?

Um passo importante é entender o fluxo de trabalho da sua empresa e quais as etapas necessárias para obter um determinado resultado, como por exemplo: preparação, produção, registro e distribuição de um determinado produto.

Cada etapa é separada em uma coluna, e cada uma das tarefas dentro das colunas pode receber uma situação, como em execução ou finalizado.

Desta maneira será possível acompanhar de forma visual como está a evolução das tarefas e quais atividades ainda precisam ser realizadas.

Há outras formas de utilização do Kanban, mas varia de acordo com as necessidades da empresa.

Lembrando sempre que esta metodologia foca em ser ágil e diminuir o tempo de execução, evitando desperdício de recursos.

 

Para Finalizar!

Como foi possível notar ao longo do artigo, o Kanban é uma metodologia de gestão de tarefas com foco em agilidade.

Pensada e criada por japoneses, esta ferramenta pode contribuir para a inovação e melhoria na gestão dos seus projetos de forma visual.

 

Baixe aqui sua Planilha de Indicadores Financeiros e Econômicos.

Leia também: Otimização de processos: como melhorar a produtividade.

 

Se você gostou deste conteúdo compartilhe com seus amigos nas redes sociais e também no Whatsapp.
Caso tenha alguma dúvida sobre este tema deixe nos comentários, estamos à disposição para responder e ajudar.

Ter uma empresa organizada é fundamental para ter sucesso, por isso todo empreendedor precisa saber como montar um plano de ação eficiente.

Sem um plano claro e objetivo, todos os esforços da empresa podem ser empregados sem resultados.

Portanto, continue lendo e entenda:

  • O que é plano de ação?
  • Como fazer um plano de ação eficiente?

Lembrando que é sempre importante contar com a ajuda de uma empresa experiente em gestão financeira para desenvolver um plano de ação eficiente.

 

O que é plano de ação?

O plano de ação é uma maneira de organizar a empresa, detalhando todas as ações que precisam ser realizadas. Descrevendo de forma objetiva tudo o que a empresa precisa fazer para atingir suas metas.

Se você quiser se aprofundar sobre o tema, nós já explicamos anteriormente no blog, clique aqui para ler.

 

Como fazer um plano de ação eficiente?

O primeiro passo é definir uma direção para o crescimento da empresa, melhorando seus pontos fortes e ajustando os pontos fracos.

A partir desta direção será criado um planejamento estratégico detalhando como a empresa está atualmente e como ficará após um determinado período.

Logo em seguida, ainda dentro do planejamento, é criado o documento que detalha as ações, e este é o plano de ações mais eficiente possível. Desenvolvido com base no direcionamento que a empresa definiu de forma que atenda as necessidades do planejamento.

Sem observar bem este requisito, o plano de ação pode ser um documento de gaveta, criado apenas por capricho.

Sendo assim, ter um direcionamento bem feito e um planejamento estratégico de qualidade, o plano de ação tende a ser mais eficiente.

Lembrando que as ações devem sempre ter em sua descrição quais os indicadores de resultado. Para que assim se possa verificar, após a conclusão da ação, se ela de fato entregou o resultado esperado.

 

Conclusão!

Como é possível perceber ao longo do artigo, para uma empresa montar um plano de ação eficiente precisa de direcionamento e planejamento.

Sem estes dois fatores o plano de ação pode ser em muitos casos um documento de gaveta, sem utilidade prática.

 

Baixe aqui sua Planilha de Indicadores Financeiros e Econômicos.

Leia também: Otimização de processos: como melhorar a produtividade.

 

Se você gostou deste conteúdo compartilhe com seus amigos nas redes sociais e também no Whatsapp.
Caso tenha alguma dúvida sobre este tema deixe nos comentários, estamos à disposição para responder e ajudar.